Lunardelli – Projeto Renda Família Paranaense trás benefícios à agricultura familiar

Projeto Renda Família Paranaense trás benefícios à agricultura familiar

O Projeto Renda Familia Paranaense é um uma iniciativa do Governo do Estado através da Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento  (SEAB) e do Instituto Emater integrando o Programa Família Paranaense e tem como objetivo Promover a inclusão socioprodutiva das famílias de agricultores familiares em situação de vulnerabilidade social cadastradas no Programa Família Paranaense através de repasse financeiro às famílias no valor de até R$ 3.000,00, possibilitado a geração de renda, autonomia dos beneficiários e a melhoria de qualidade de vida.

Em Lunardelli, uma das famílias beneficiadas foi a família da senhora Cleusa Durante da Costa e do senhor Claudecir Pontes, residentes na Vila Rural Francisco Jardim, que utilizaram o benefício para melhorar a capacidade produtiva de suínos, investindo todo recurso na construção de um novo chiqueiro.

Seu Valdecir está muito feliz com o novo espaço de trabalho e disse que a atualmente a produção é para o consumo da família, mas que as sobras sempre são vendidas e o lucro é aplicado em outras necessidades e que agora, podem ampliar a produção e obter mais lucro, pois o espaço ficou adequado e bastante amplo.

A EMATER de Lunardelli acompanha todo processo prestando orientação e apoio técnico.

ATIVIDADES QUE PODEM SER APOIADAS: saneamento básico nas atividades rurais, produção de alimentos para auto consumo e venda do excedente e apoio aos processos produtivos Ex: prestação de serviço de alimentação, jardinagem, beleza, entre outros.

Fonte: Da Assessoria

FAXINAL – INSCRIÇÕES PARA O CONCURSO PÚBLICO PROFESSOR PEDAGOGO E PROFESSOR DE EDUCAÇÃO INFANTIL

O Prefeito do Município de Faxinal, Estado do Paraná, no uso de suas atribuições legais, TORNA PÚBLICO que estão abertas as INSCRIÇÕES PARA O CONCURSO PÚBLICO de provas escritas e provas de títulos para preenchimento de vagas dos cargos abaixo especificados, nos termos da legislação pertinente e das normas estabelecidas neste Edital, tudo em conformidade com os dispositivos constitucionais pertinentes e com a Comissão Organizadora de Concurso Público, constituído pela Decreto8708/2019.

Os trabalhos serão executados pelo INSTITUTO BRASIL, e supervisionados pela Comissão Organizadora de Concurso Público.

1 – DOS CARGOS, REMUNERAÇÃO, NÚMEROS DE VAGAS, JORNADA DE TRABALHO E REQUISITOS PARA HABILITAÇÃO.

1.1 – Estão abertas as inscrições para o Concurso Público visando o preenchimento dos cargos abaixo relacionados:

Cadastro Reserva. Os candidatos aprovados, acima do número de vagas previstas no item 1.1, passarão a integrar o Cadastro de Reserva do Município e poderão ser chamados quando de surgimento de novas vagas para o respectivo cargo, observado o prazo de vigência do Concurso.

1.2 – O regime de trabalho dos candidatos aprovados neste Concurso Público será regido pelo Regime Estatutário, com jornada de trabalho e remuneração descritos neste Edital.

1.3 – Serão destinadas aos portadores de deficiência 5% do total de vagas existentes, desde que a deficiência de que são portadores não seja incompatível com as atribuições do cargo a ser preenchido, nos termos do art. 43 do Decreto nº 3.298/99.

1.4 – As vagas reservadas aos portadores de necessidades especiais, caso não sejam preenchidas, conforme dispositivos legais, serão ocupadas pelos demais candidatos aprovados, conforme ordem de classificação.

1.5- Maiores informações acerca do presente concurso podem ser pesquisadas no endereço eletrônico www.institutobrasil.net.br.

2 – DAS INSCRIÇÕES

2.1 – As inscrições serão realizadas exclusivamente via Internet, no endereço eletrônico www.institutobrasil.net.brno prazo estabelecido no CRONOGRAMA  Anexo I deste Edital.

2.2 – Para os efeitos dos itens anteriores, nem o Instituto Brasil nem o Município se responsabilizam por solicitação de inscrição não recebida por motivos de ordem técnica dos computadores, falhas de comunicação, congestionamento das linhas de comunicação, bem como outros fatores que impossibilitem a transferência de dados.

2.3 – Todas as inscrições, somente serão acatadas após a comprovação do pagamento da taxa de inscrição, que deverá ser efetuada, obrigatoriamente, por intermédio de boleto bancário, obtido no próprio endereço eletrônico, pagável em qualquer agência bancária, até a data do seu vencimento, não sendo efetivada a inscrição de candidatos que efetuarem o pagamento da taxa de inscrição por meio de depósito, DOCs (operação bancária), transferência ou similar.

2.4- O boleto bancário deverá ser pago até a data de seu vencimento, tendo o prazo final estabelecido no CRONOGRAMA – Anexo I.

2.5 – O candidato deverá conferir os dados de sua inscrição antes do pagamento, observar sua disponibilidade de prestar o presente concurso público e certificar-se de que preenche todos os requisitos necessários para tomar posse do cargo, pois, sob nenhuma hipótese, o valor pago como taxa de inscrição será devolvido.

2.6 – Não serão admitidas, em nenhuma hipótese, duas ou mais inscrições do mesmo candidato às vagas/cargos ofertados neste Concurso Público.

2.7-Haverá isenção da taxa de inscrição, conforme Decreto Federal nº 6.593/2008.

2.7.1-Conforme o Decreto Federal n.º 6.593/2008, Art. 1º, ficam isentos do pagamento da taxa de inscrição neste Concurso Público, realizado no âmbito municipal, os candidatos que:

  1. estiverem inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), de que trata o Decreto Federal n.º 6.135/2007; e
  2. for membro de família de baixa renda, nos termos do Decreto n.º 6.135/2007.

2.7.1.1 – O candidato que faz jus ao benefício deverá:

  1. efetuar sua inscrição no concurso público no período estabelecido no CRONOGRAMA – Anexo I, através do site www.institutobrasil.net.br.

 

  1. Preencher a declaração de que atende à condição estabelecida no item 2.7.1, “b”, conforme anexo III deste edital.

 

  1. Enviar através de link específico de ISENTOS no site http://www.institutobrasil.net.br, dentro do prazo estipulado no cronograma deste Edital, os seguintes documentos: Anexo III devidamente preenchido e assinado e cópia do documento de identificação tipo R.G.e CPF. Enviar ainda, sob pena de indeferimento, Comprovante de Cadastramento no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal com assinatura e carimbo do servidor emitente, com data de emissão não superior a 30 (trinta) dias da data de publicação do presente edital. O referido documento poderá ser obtido nos órgãos ligados a Assistência Social do Município ao qual o candidato reside. O candidato deve estar “logado” no site para enviar os documentos.

EDITAL CLICK AQUI

 SITE PARA INSCRIÇÃO CLICK AQUI

Paraná começa campanha de vacinação contra a gripe

A primeira fase da vacinação contra a gripe no Paraná começa nesta quarta-feira (10) e vai até o dia 19 de abril e tem como público-alvo crianças de 6 meses até 5 anos, as gestantes, puérperas, que são as mulheres que acabaram de ter bebês nos últimos 45 dias, e povos indígenas.

A segunda fase, a partir do dia 22, abrangerá idosos, trabalhadores da saúde, professores de escolas públicas e privadas, portadores de doenças crônicas não transmissíveis, adolescentes e jovens de 12 a 20 anos sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional.

Todos os municípios do Paraná vão vacinar a população-alvo. A 21ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza segue até o dia 31 de maio.

A Secretaria Estadual da Saúde já recebeu 1,4 milhão de doses de vacina do Ministério da Saúde e no total deverá receber 3 milhões e 618 mil doses.

“O Paraná está mobilizado contra a gripe numa grande parceria que envolve todos os municípios e as 22 regionais de Saúde. Nossa orientação é para que a população busque a unidade mais próxima para a imunização. A vacina é segura e protege contra o vírus”, afirmou o secretário estadual da Saúde, Beto Preto.

Dia 4 de maio será o Dia Nacional de Mobilização, e o objetivo da Secretaria da Saúde é chegar até o final de maio com 90% do público-alvo vacinado e as equipes estão mobilizadas para o cumprimento da meta, disse a superintendente de Atenção à Saúde, Maria Goretti David Lopes.

O QUE É INFLUENZA – E uma infecção viral aguda do sistema respiratório altamente transmissível. Os sintomas são febre alta, dores musculares, dor de cabeça e dor de garganta. Se não for tratada, pode provocar complicações, evoluir para pneumonia e provocar até a morte.

A transmissão ocorre por meio de secreções das vias respiratórias da pessoa contaminada, ao falar, ao tossir ou no contato pelas mãos.

Neste ano o Paraná já registrou 11 casos confirmados da Influenza, com cinco mortes.

PROTEÇÃO – A vacina aplicada nas unidades de saúde é trivalente e protege contra duas cepas de vírus A e uma cepa de vírus B.

A enfermeira da Divisão de Vigilância do Programa de Imunização da Secretaria, Vera Rita da Maia, orienta ainda para medidas que ajudem na proteção contra a gripe, como lavar e higienizar as mãos com frequência, alimentação saudável, ingerir bastante líquido, não compartilhar objetos de uso pessoal, como talher, copo e garrafa, evitar contato com pessoas que estejam com sintomas de gripe e manter a casa ou o local de trabalho arejados. Ao tossir ou espirrar as pessoas devem tampar o nariz e a boca para que as gotículas não se espalhem.

FONTE: AEN

Instituto de Saúde Bom Jesus apresenta projeto para construção de unidade hemodinâmica

O deputado Artagão Júnior acompanhou, nesta terça-feira (9), a diretoria do Instituto de Saúde Bom Jesus, de Ivaiporã, em audiência com o secretário da Saúde, Beto Preto.

Na pauta, diversas demandas do hospital junto ao Governo do Estado. Estiveram na reunião o diretor administrativo Marcos Aurélio de Assis, o conselheiro Celso Celestino Silva, o diretor técnico Seizi Kawano e o responsável pelas relações institucionais, Mário Bosso. O ex-chefe do escritório regional da Agricultura, Antonio Vila Real, também esteve presente.

Um dos principais pleitos discutidos foi o de uma indicação orçamentária do deputado no valor de R$ 2 milhões. Os recursos, que ainda dependem de liberação, seriam investidos na viabilização de uma unidade hemodinâmica, para atender pacientes em intervenções cardiológicas. O primeiro passo seria a compra de um terreno, que fica anexo ao instituto.

Ainda na audiência, foi discutida a ampliação do atendimento ortopédico, de média e alta complexidade, do qual o secretário Beto Preto disse ser de interesse estratégico do Estado.  “Todas essas demandas serão analisadas dentro da estrutura de regionalização do Estado, mas adianto que o setor ortopédico é uma carência que precisamos suprir. A construção da unidade hemodinâmica também pode se encaixar nesse perfil, após realizarmos um estudo mais aprofundado sobre o atendimento cardiológico na região”.

Habilitações, credenciamentos de leitos de UTI e atendimento da rede cegonha, tanto na esfera estadual quanto na federal, também foram temas abordados e que serão tratados na sequência, em diálogo com a 22ª Regional de Saúde.

Deputado e secretários da Saúde e Casa Civil vistoriam as obras do Hospital Regional de Ivaiporã

Acompanhando os secretários Beto Preto (Saúde) e Guto Silva (Casa Civil), o deputado Artagão Júnior esteve em Ivaiporã, nesta sexta-feira (5). Juntamente com prefeitos de toda a região e demais lideranças, eles visitaram as obras do Hospital Regional, que vai atender os 16 municípios que compõe a 22ª regional de saúde. Os investimentos do Estado na obra passam dos R$ 30 milhões.

Previsão para ser concluído ainda este ano, o hospital terá 8 mil² de área construída, 104 leitos (10 de UTI), centro cirúrgico, enfermarias, urgência e emergência, clínica geral, psiquiatria e cirurgias eletivas.

Em seguida, o deputado, os secretários e os demais prefeitos participaram da reunião da Amuvi (Associação dos Municípios do Vale do Ivaí), onde demandas de toda a região foram apresentadas e debatidas.

A mudança prometida, o futuro de Lidianópolis

lidia

O Prefeito Adauto Mandu, seu vice Aparecido Buzato e demais, falaram varias vezes na campanha eleitoral, que iriam fazer uma mudança no município de Lidianópolis, mas eu pergunto a todos os munícipes: que mudança?

Tomei a liberdade como cidadão para expor aqui algumas mudanças que eu acho que foram feitas, seu estiver errado vocês podem me corrigir, estou aqui para ouvir.

Bom vamos começar:

Mudança e nomear um monte de gente?

Mudança e nomear secretários ficha suja?

Mudança é prometer geração de emprego e não cumprir?

Mudança é nomear Secretário de Saúde que nunca encontra no posto de saúde? “ A própria população fez a reclamação”.

Mudança é trabalhar com empresas que diziam ser ilícitas?

Mudança é prestar serviços de máquinas sem recolhimento para gente rica? “Retiro essa pergunta se fizerem uma prestação de contas declarada”.

Mudança é tirar o coro do povo com aumento de taxa de lixo e IPTU?

Mudança é aumentar a taxa de iluminação pública?

Mudança é deixar o povo sem estradas?

Mudança é deixar o povo sem remédio?

Mudança é colocar alunos em um ônibus velho e ruim, prevendo um acidente?

Mudança é cortar linha de ônibus de alunos da educação municipal?

Mudança é deixar o município imundo de sujeira?

Mudança é dar jeitinho e privilégio para algumas pessoas?

Mudança é dar um carro da prefeitura para cada funcionário?

Mudança é dar cargos para parentes de vereadores para votarem a favor de projetos no Legislativo?

Mudança é estigar o fechamento de empresa no município por desafeto político?

Mudança é ver as pessoas se mudando para outras cidades por falta de oportunidades de emprego?

Mudança é deixar equipamentos de dentista quebrado por meses?

Mudança e errar documentos de obras a serem realizadas, trazendo atrasos na construção da mesma e podendo até perder o recurso?

Mudança é dar remédio de farmácia particular somente para pessoas da mesma ideologia política?

Mudança é indicar pessoas para montar barraca na feira livre, enquanto para outros são negados?

Mudança é tratar funcionários e o povo com falta de educação?

Mudança é colocar em cargos secretários laranjas?

Gente eu acredito que isso não é mudança, algumas pessoas vão dizer que tudo isso é certo “mais infelizmente não é”. Precisamos enxergar o que esta acontecendo por isso coloquei aqui algumas mudanças que foram feitas, pelos atuais gestores.

“O que era sonho do prefeito, virou o pesadelo da população”.