Programa Valorizando a Vida oferece capacitação a professores municipais e estaduais de Ivaiporã

O Conselho Municipal de Políticas Sobre Drogas (Comad), vinculado à Prefeitura de Ivaiporã, convidou o terapeuta e conselheiro em dependência química, Carlos Eduardo Costantin, para ministrar uma formação voltada aos professores da rede municipal e estadual de ensino, na quinta-feira, dia 12 de abril, no auditório da Câmara de Vereadores, onde foi debatido o tema: “Dependência Química –conceito, tipos, ação, motivos e prevenção”.

O Departamento Municipal de Educação e o Núcleo Regional de Educação (NRE) estiveram representados respectivamente pela diretora Rose Sirço e pela técnica pedagógica Ana Paula.

A presidente do Comad, Gertrudes Bernardy, explicou que a formação fez parte de uma das ações do programa Valorizando a Vida, que visa combater o uso de drogas entre adolescentes e jovens, promovendo ações de conscientização e oferecendo palestras na rede de ensino.

“O objetivo foi capacitar os professores para lidar eventualmente com alunos em casos de uso de drogas. Nesse sentido, acredito que a confiança entre professores e alunos pode ajudar a combater o uso de drogas. Afinal, nem sempre o jovem se sente à vontade em casa para conversar com os pais e esclarecer dúvidas”, comentou Gertrudes Bernardy, defendendo que os professores também precisam saber como lidar com o assunto em sala de aula.

Carlos Costantin, que cursa Psicologia na Unifil de Londrina, explicou o que é dependência química, fatores que influenciam o consumo de drogas, bem como se dá a compulsão, obsessão e tolerância; citou as principais drogas usadas no Brasil; apresentou estatísticas e como as escolas devem se prevenir; e falou acerca da rede de apoio à prevenção – além de esclarecer dúvidas dos docentes.

“Os jovens costumam consumir maconha e álcool, e as duas drogas me assustam. Sabemos os malefícios do álcool, e a maconha foi diagnosticada como causadora de esquizofrenia. Um jovem que consome maconha entre os 14 e 19 anos, por exemplo, tem grande chance de tornar-se esquizofrênico”, alertou Carlos Costantin.

Rose Sirço considerou a formação muito importante e agradeceu aos professores da rede municipal de ensino pelo interesse na temática. “A prevenção nas escolas é fundamental, porque algumas crianças e adolescentes convivem com esse tipo de problema em casa ou na rua. Mas se conscientizamos é possível evitar futuros problemas”, comentou Rose Sirço.

Por outro lado, Ana Paula avaliou como fundamental a parceria entre Comad e NRE, onde ela trabalha, por exemplo, com as pastas de enfrentamento à violência, uso de drogas, saúde mental e Patrulha Escolar. “Além dos professores das escolas estaduais de Ivaiporã chamamos docentes dos municípios de Ariranha e Arapuã, porque é importante saber como lidar com aluno em caso de suspeita de uso de drogas”, declarou Ana Paula.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Ivaiporã – Lúcia Lima

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s