Copel alerta sobre riscos de acidentes com máquinas agrícolas

Resultado de imagem para copel

O auge da colheita da safra de verão e a grande circulação de maquinários agrícolas pelos campos e estradas do interior do Paraná também chamam a atenção para o risco de acidentes com as redes elétricas, como o abalroamento de postes e o rompimento de cabos de alta-tensão.

Os casos mais recentes registrados pela Copel resultaram apenas em danos materiais, mas poderiam ter tido graves consequências para operadores de tratores, colheitadeiras e de barras de pulverização diante de um eventual contato ou simples aproximação da rede elétrica.

Registros da empresa nas regiões Oeste e Sudoeste apontam pelo menos 25 ocorrências do gênero nos primeiros meses do ano. Todas envolvem diretamente maquinários agrícolas e também caminhões que transportam tais equipamentos, excedendo o limite de altura para transitar nas vias urbanas e rurais.

Técnicos da companhia ressaltam que o abalroamento de postes no campo traz ainda riscos potenciais de acidentes mesmo em locais distantes das ocorrências, pois podem provocar o rebaixamento dos cabos e inadvertidamente causar choque elétrico em pessoas e animais.

Além dos riscos pessoais, os autores também são responsabilizados legalmente pelos danos causados ao patrimônio público do qual a Copel detém a concessão. Os valores a serem ressarcidos são calculados caso a caso e inicialmente cobrados por via administrativa.

CUIDADOS NO CAMPO – Veja algumas recomendações importantes da Copel para que os produtores não colham acidentes:

TRATOR – Desvie o trator ou o arado dos estais (estirantes ou rabichos). Eles seguram os postes. Não corte nem mude os estais de lugar.

PULVERIZADOR – Abaixe as barras do pulverizador ao passar debaixo dos fios da Copel. Se você notar que os fios de luz estão baixos, avise a Copel imediatamente.

COLHEITADEIRA – Evite parar a colheitadeira debaixo da rede elétrica. Não suba nela se estiver perto dos fios. Se você notar que os fios de luz estão baixos, avise a Copel imediatamente.

ATERRAMENTO DE CERCAS – Seccione (ou separe) e aterre as cercas da propriedade. Se algum fio de luz cair sobre a cerca, o aterramento escoará a energia elétrica pelo fio terra e não pelo arame da cerca.

QUEIMADAS – São proibidas perto das linhas. O fogo ou mesmo o excesso de calor danificam os cabos e as estruturas, causam curtos-circuitos e interrompem o fornecimento de energia.

IRRIGAÇÃO – Atenção ao regular o equipamento de irrigação nas áreas próximas a redes elétricas. Se o jato de água atingir os fios, pode ocorrer curto-circuito.

CERCA ELÉTRICA – Para eletrificar cercas, use um aparelho especial chamado eletrificador de cercas. Compre equipamento de boa procedência e leia atentamente o manual de instruções. Consulte um eletricista habilitado e coloque placas de sinalização a cada 100 metros. Atenção: nunca ligue a cerca diretamente na tomada.

Fonte AEN

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s