Polícia Rodoviária Estadual inicia Operação Natal

Imagem da notícia. Por: Aldinei Andreis
Fotos Aldinei Andreis 

A Polícia Rodoviária Estadual inicia em todo o Paraná, nesta sexta-feira, dia 22 de dezembro, a partir das 14h00, a operação Natal, que terá reforço no policiamento ostensivo nas rodovias estaduais e aumento nas operações de fiscalização. O posto de Ubá do Sul, localizado no distrito de Porto Ubá, também integra essa operação e vai intensificar especialmente as operações com o etilômetro, popularmente chamado de bafômetro, e com radar, especialmente nos pontos críticos da área de jurisdição do posto.

Sargento Oseias da Rosa é comandante da Polícia Rodoviária de Porto Ubá. Por: Aldinei Andreis

O comandante da Polícia Rodoviária Estadual na região, sargento Oseias Luiz da Rosa, comenta que, durante esses dias, o trabalho será intenso para evitar acidentes e abusos nas rodovias da região. Especialmente nos períodos da tarde e noite dos dias 23 e 24 de dezembro, e na tarde do dia 25 de dezembro, são os horários em que a atenção estará redobrada, pois é o período que pode ocorrer maior número de acidentes.

Ele destacou que a utilização da fiscalização eletrônica com radar será usada especialmente nos trechos críticos da rodovia PR-466 e PR-272. A Polícia Rodoviária Estadual fez um mapa de acidentes em 2017 na região e identificou os principais locais dessas ocorrências. Sargento Oseias destaca que o trecho entre Faxinal e o trevo de acesso a Furnas, na divisa com Manoel Ribas, é a área onde mais ocorreram acidentes, especialmente nos trevos de acesso a Ivaiporã e Jardim Alegre, onde os motoristas não têm respeitado a velocidade máxima permitida. “São trechos com boa visibilidade, mas o condutor acha que tem segurança total e acaba desenvolvendo uma velocidade maior do que aquela permitida na rodovia, o que ocasiona capotamentos, saídas de pistas, entre outros acidentes. Em 2017, por exemplo, apenas no trecho entre o trevo de acesso secundário a Ivaiporã e o trevo de acesso a Arapuã, foram registrados 26 acidentes.

Sargento Oseias lembra que, por se tratar de uma rodovia de pista simples, toda a PR-466 e a PR-277 têm velocidade máxima de 100 km/h, à exceção são os locais sinalizados com velocidade menor, como os trevos e locais de curvas fechadas. “Nos trevos de acesso a Ariranha do Ivaí e Arapuã, a velocidade máxima é de 60 km/h e, muitas vezes, os motoristas não respeitam esses índices”, comentou.

Ele salienta ainda que todas as operações de fiscalização com radar são feitas próximo à viatura da Polícia Rodoviária Estadual e com o policial rodoviário às margens da rodovia. “A fiscalização é sempre ostensiva e não acontece de forma escondida ou camuflada”, lembra.

Fonte Jornal Parana Centro com Fotos de Aldinei Andreis

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s