Órgãos de trânsito lançam a 7ª edição da Operação Rodovida

Principal ação de enfrentamento à violência no trânsito brasileiro, a operação reúne desde 2011 as três instâncias de governo em ações simultâneas com objetivo de reduzir o número de vítimas de acidentes. São priorizadas ações integradas e simultâneas, envolvendo diversas agências de fiscalização, com atuação coordenada e sistêmica, dentro dos respectivos eixos de competência, com o intuito de somar forças no enfrentamento à violência no trânsito e na redução dos custos sociais decorrentes.

A operação seguirá até 18 de fevereiro e abrangerá o período das férias escolares, festas de Natal, Ano Novo e Carnaval, feriados marcados pelo aumento no fluxo de veículos e de passageiros.

Em Curitiba, o lançamento acontece às 14 horas, em entrevista coletiva na sede da Superintendência Regional da PRF, localizada na Linha Verde (BR-476), ao lado do viaduto da Avenida das Torres, no bairro Prado Velho.

Na sequência, será realizada uma ação educativa conjunta na Linha Verde, com participação de policiais rodoviários federais, rodoviários estaduais, militares, civis, agentes de trânsito e guardas municipais.

A Operação Integrada Rodovida consiste em ações simultâneas de fiscalização, executadas em locais e horários pré-definidos pelas diversas instâncias de governo.

Neste ano, participarão das ações integradas o Ministério da  Justiça e Segurança Pública, Cidades, Saúde, Transportes, Portos e Aviação Civil, Polícia Rodoviária Federal, Secretaria Nacional de Segurança Pública – SENASP, Polícias Militares, Polícias Civis, Guardas Municipais, Serviço de Atendimento Móvel de Emergência – SAMU, Corpo de Bombeiros, Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes – DNIT, Agência Nacional de Transportes Terrestres – ANTT, Departamentos Estaduais de Trânsito – DETRANs; Departamentos de  Estradas e Rodagem – DERs, Secretarias Municipais de Trânsito, Ministério Público, Departamento Nacional de Trânsito – DENATRAN, Universidades, SEST/SENAT e Outras Agências de interesse.

A iniciativa pretende contribuir para que o Brasil alcance a meta proposta em 2011 pela Organização das Nações Unidas (ONU) de reduzir em 50% o número de mortes provocadas por acidentes de trânsito até 2020.

A operação se baseia em estudos estatísticos que direcionam as ações de prevenção e de fiscalização para os trechos onde são registrados os maiores números de mortes e de feridos graves. Campanhas educativas também fazem parte da iniciativa.

Entre os focos estão as ultrapassagens proibidas, o excesso de velocidade, a embriaguez ao volante, o transporte de crianças e a fiscalização em motocicletas, ocorrências com altos índices de letalidade.

Texto: Maciel Jr/PRF

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s