Diversificação – Família do Oeste paranaense investe em outras frentes de trabalho na propriedade com bons resultados

Produção e renda o ano todo. É assim, com a diversificação de atividades, que reduz riscos de o produtor rural depender apenas de uma cultura e permite o uso mais intensivo e otimizado da área. Na área de ação da Coamo a prática é adotada por um grande número de cooperados, independentemente do tamanho e da atividade principal exercida. A opção é uma proposta de viabilização da propriedade rural, considerada a melhor forma de evitar incertezas e vulnerabilidades de clima, mercado, logística, pragas e doenças.
A região Oeste do Paraná, por exemplo, tem uma forte ligação com os imigrantes europeus. É uma tradição as propriedades serem diversificadas, seja com suínos, frutas, frangos, peixes, dentre tantas outras alternativas. O cooperado Jonas Inácio Feiten, e sua esposa Suzana Solato Feiten, resolveram apostar na produção de cucas, um pão muito consumido na região. Ele conta que no começo a iniciativa não foi levada muito a sério, mas hoje em dia virou negócio.
E assim como eles, são muitos os cooperados que diversificam a propriedade na área da Coamo. Agindo nesta linha de raciocínio, quando uma atividade não vai bem as outras podem compensar, de forma com que na média o resultado seja o mais positivo possível.
Fonte – Coamo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s