Operação da Marinha no Paraná interdita sete balsas com irregularidades

Resultado de imagem para balsas
Uma operação da Marinha realizada no Paraná encontrou irregularidades em sete das 29 balsas vistoriadas. A ação iniciada no dia 5 e só deve ser encerrada quando forem fiscalizadas as 37 embarcações autorizadas a fazer travessias em rios das regiões centro-sul, oeste e sudoeste do estado.

Entre os problemas encontrados estão balsas operadas por apenas um tripulante, documentações das embarcações e habilitação de condutores vencidas, danos nos cascos, falta de barras de proteção para passageiros, extintores vencidos, fiações elétricas expostas, mangueira de combustível furada e falta de coletes salva-vidas.

As embarcações só poderão voltar a operar depois de sanar as irregularidades.

As balsas com problemas e que tiveram de ser interditadas fazem as travessias nos rios Iguaçu – entre Porto Vitória e Cruz Machado -, da Areia – entre Cruz Machado e Bituruna -, Ivaí – entre Cândido de Abreu e Prudentópolis e Ariranha do Ivaí e Cândido de Abreu -, Corumbataí – entre Godoy Moreira e Barbosa Ferraz -, Chopim – entre Verê e São João – e Piquiri – entre Santa Maria do Oeste e Goioxim.

Segundo o capitão dos portos no Rio Paraná, Renato Ferreira Jácomo dos Santos, o principal objetivo da Operação Balsas é prevenir acidentes.

Usuários das embarcações que perceberem possíveis irregularidades podem fazer denúncias diretamente à Capitania Fluvial do Rio Paraná em Foz do Iguaçu pelo telefone (45) 3523-2332.

Fonte G1 Paraná

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s