Alerta – Cambalacho dentro das prefeituras, pessoas usam suas influências para ganhar dinheiro extra

Resultado de imagem para alerta

Tem prefeitura que os encarregados de alguns setores estão utilizando seus cargos e influências, no horário de expediente para realizar serviços paralelos como os de aposentadorias, isto é, pegam os documentos das pessoas que possam aposentar e montam o processo com documentos obtidos através das secretarias de Saúde, Agricultura e Assistência Social.

Facilitando assim a comprovação e liberação das possíveis aposentadorias junto ao INSS, em contra partida a pessoa aposentada tem obrigação de pagar, em torno de seis (06) salários mínimos a esses funcionários, que prezam por uma “boquinha” e usam da administração municipal em proveito próprio.

Atenção PREFEITOS, se isso estiver ocorrendo em sua cidade é bom os administradores prestar mais atenção e começarem a verificar este tipo situação em seu município e assuma uma posição.

O povo está cobrando.  Estamos de olho!

Sojicultores podem ter rentabilidade de 70% na safra 2017/2018 no Paraná

Os produtores brasileiros estão na reta final do plantio da soja. O plantio atingiu 96% da área estimada para a safra 2017/2018, acima dos 95% no ano passado e 93% na média de cinco anos, de acordo com levantamento da consultoria AgRural. As perspectivas para a safra são otimistas na região Sul do Brasil.

No Paraná, o segundo maior estado produtor de soja, o plantio já foi finalizado. De acordo com informações do Departamento de Economia Rural (Deral), 88% das lavouras foram consideradas em boas condições para o desenvolvimento da cultura e somente 12% apresentaram condições medianas. Até o momento, 54% da soja cultivada está em desenvolvimento vegetativo, 37% em floração e 9% em frutificação.

Embora as lavouras estejam se desenvolvendo bem, os resultados não devem superar os da safra passada. “Se compararmos as lavouras deste ano com as do ano passado, em termos de desenvolvimento da cultura no campo, temos um cenário 5% inferior. A produtividade não terá a mesma performance do ano passado”, diz Dilvo Grolli, diretor-presidente da Coopavel, uma grande cooperativa do Paraná que representa mais de 5 mil produtores de grãos, aves e suínos. “No ano passado, o clima foi perfeito [no Paraná]. A safra passada foi excepcional, acima da média e o produtor sabe que dificilmente terá o mesmo resultado agora”.

 La Niña

Segundo Grolli, a única preocupação do produtor do Paraná é com o clima, que está irregular na região. Houve falta de chuvas no início do plantio em setembro e depois excesso de chuvas.

“Chegou a chover 700 milímetros em novembro em algumas regiões do Paraná. A média era entre 300 e 400 milímetros para o mês de novembro”, afirma Grolli. “Está começando a formação do La Niña, mas de baixa intensidade. O La Niña pode deixar o clima levemente mais seco ou com chuvas abaixo do normal no Paraná, o que pode gerar queda de produtividade da soja”.

Rentabilidade da soja

Segundo Grolli, o produtor da região Sul está numa situação financeira mais confortável que o do Centro-Oeste. “Teremos um custo de produção da soja em torno de R$ 2.200 mil por hectare. Se você tiver uma produtividade em torno de 60 sacas por hectare, terá um custo de R$ 36 a R$ 38 e o preço da saca de soja está acima de R$ 60 reais”, diz Grolli. “O produtor tem uma lembrança de um passado próximo que se vendia a saca a R$ 80 e então o preço de R$ 65 parece baixo. Mas a previsão de rentabilidade é boa, de 70%. Quando a gente tinha soja a R$ 80, a taxa selic era de 14,5% e inflação de 10 a 12% ao ano. Hoje temos uma taxa selic de 7% e uma inflação de 3% ao ano”.

Venda da soja

 

Ainda assim, os produtores paranaenses também acompanham o mercado com cautela. Até agora, os associados da cooperativa venderam 65% da safra 2017/2018. O ritmo está mais lento se comparado com o ano passado, com 75% da safra vendida até novembro. “O produtor [do Paraná] está bem capitalizado e de olho no clima, esperando a oportunidade de ter preços melhores”, afirma o diretor-presidente da Coopavel.

Logística

A vantagem dessa região é que o estado do Paraná não enfrenta problemas de logística. Para atravessar o estado inteiro até chegar ao Porto de Paranaguá, a maior distância é de 750 quilômetros e as estradas asfaltadas são consideradas boas. “Temos facilidade de escoamento da safra para o Porto”, diz Grolli. Além disso, há muitos frigoríficos de aves e suínos na região e a demanda por soja e milho para ração animal é constante. No entanto, Grolli concorda que para o produtor da região Centro-Oeste a situação atual é complicada.

“O problema do Centro-Oeste é a distância dos portos. O aumento do preço do óleo diesel aumentou o custo de transporte e esse aumento de custo sai do bolso do produtor”, diz. Para a segunda safra, no Paraná a estimativa também é de queda na produção. “Há uma perspectiva de redução de 30% da área plantada com milho segunda safra”, afirma Grolli. De acordo com o diretor-presidente da Coopavel, o produtor que colher a soja mais tarde e perder a janela de cultivo ideal do milho vai acabar migrando para o plantio de trigo.

Fonte Foco Rural

Artagão Júnior – Pavimentação de 43 km entre Pitanga e Mato Rico está prestes a ser licitada

Na próxima terça-feira (19), será lançado o edital de licitação da pavimentação da PR-239, entre Pitanga e Mato Rico, confirmou o secretário e deputado Artagão Júnior nesta quinta-feira (14). Serão investidos cerca de R$ 143 milhões num total de 43 km.

A obra integra o Programa Estratégico de Infraestrutura e Logística de Transportes do Estado, orçado US$ 435 milhões junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

“Enfim estamos próximos do início desta grande obra que vai mudar a realidade de toda a região central do Paraná”, disse Artagão Júnior, que trabalha pela viabilização dos recursos desde 2012, quando foi o autor da proposta de estadualização deste trecho.

À época, o então prefeito Altair Zampier propôs uma permuta, assumindo o trecho que liga a PR-460 próximo à cidade de Roncador, que antes era de jurisdição do Governo do Estado. O compromisso do asfaltamento da PR-239, inclusive, foi uma das exigências para assinatura do termo de comodato, proposto por Zampier e Artagão Júnior.

A estimativa é que a obra beneficie mais de 35 mil moradores da região, em especial os pequenos produtores, facilitando o escoamento da produção agrícola.

 

Mandaguari abre 50 vagas em processo seletivo

Vagas são para área de educação

A Prefeitura de Mandaguari vai contratar, por meio de processo seletivo simplificado, 50 funcionários. As vagas são para professor (20), auxiliar de educação (20) e professor de educação física. As inscrições serão abertas a partir de 9 de

janeiro e seguem até o dia 12, diretamente na Secretaria de Educação.

O certame oferta salário de R$ 1,5 mil para o cargo de auxiliar de educação, com carga horária de 40 horas semanais. Já as vagas para professor e professor de educação física têm carga horária de 20 horas e ofertam salário de nível 1 da carreira que, atualmente, é de R$ 1.149,65. Não será cobrada taxa de inscrição.

Mais informações e a lista detalhada dos documentos que devem ser apresentados podem ser conferidas no edital.

http://painel2016.governomunicipal.com.br/uploads/pmmandaguari/noticia/arquivo/3fe539ab80e67587c859c44c85115401376d7a7d.pdf

Fonte Jornal Tribuna do Norte

Crianças que frequentam projetos sociais recebem cesta básica da Prefeitura de Ivaiporã

A Prefeitura de Ivaiporã, por meio do Departamento Municipal de Assistência Social, entregou cerca de 750 cestas básicas às crianças atendidas pelo Projeto Renascer, Casa de Vivência/Casa do Adolescente e Centro da Juventude, e à Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais). Além disso, as crianças receberam uma lembrança – garrafa para transportar água, contendo balas e pirulitos.

As cestas básicas foram adquiridas por meio de doações de empresas que deduziram Imposto de Renda em benefício do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), cuja compra das cestas básicas foi aprovada por unanimidade.

A entrega das cestas básicas e das lembranças foi feita pela diretora do Departamento Municipal de Assistência Social, Gertrudes Bernardy, que agradeceu aos empresários pela dedução do Imposto de Renda, permitindo tornar o Natal das crianças mais feliz.

“O sorriso das crianças e a felicidade dos pais nos motivam a trabalhar. Por isso, sugiro aos empresários que continuem destinando doações ao Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente. Dessa forma, poderemos beneficiar crianças de projetos sociais”, declarou Gertrudes Bernardy.

O prefeito de Ivaiporã, Miguel Amaral, defendeu a importância das parcerias em prol dos projetos sociais do município.

Uniformes

No Projeto Renascer, Gertrudes Bernardy também apresentou o uniforme que será entregue no próximo ano, lembrando que o recurso usado foi concedido pelo CMDCA.

Da Assessoria

Carreta carregada com etanol tomba em Arapongas

Uma carreta carregada com álcool combustível tombou no início da noite desta quinta-feira (14) na BR-369, próximo ao Distrito de Aricanduva, em frente a empresa Nortox, em Arapongas.

A carreta, com placas de colombo tombou na canaleta entre as pistas, o motorista ficou preso às ferragens e o combustível vazou.

Bombeiros de Arapongas e Apucarana além do SAMU, foram mobilizados para atender a ocorrência.

O motorista foi socorrido com uma lesão grave em uma das pernas e o trânsito ficou interditado por aproximadamente 10 horas.

Fonte Jandaia Online

Duas pessoas ficam feridas em capotamento de caminhão na zona rural de Mandaguari

Duas pessoas ficaram gravemente feridas após o capotamento de um caminhão tanque da Usina Renuka na Estrada Promessa em Mandaguari. O acidente ocorreu no início da tarde desta sexta-feira (15). Devido a gravidade, o helicóptero do SAMU foi acionado.

O motorista do caminhão teria perdido o controle e entrado em um parreiral.

Izaias Gonçalves que conduzia o caminhão e o passageiro Benedito Bemvindo de Souza sofreram ferimentos graves. O motorista foi socorrido pela equipe do Corpo de Bombeiros de Mandaguari. Já Izaias precisou ser transportado de helicóptero.

fonte Jandaia Online